Por que o uso do capacete é tão importante?

Entre todos os assuntos debatidos no século XXI, muito tem se falado da mobilidade sustentável como forma estratégica para promover a qualidade de vida e diminuir os impactos causados no meio ambiente, oriundos do desgaste provocado pelo período pós industrial. Na contramão, pouco se fala da importância de se precaver e usar os equipamentos de proteção, necessários para manter sua segurança. 

A legislação brasileira para conduções alternativas, como bicicleta e skate, frisa apenas a importância do ciclista ter o conhecimento das leis de trânsito e segui-las, andando no sentido correto, respeitando o sinal de trânsito e mantendo a direita. Como itens obrigatórios estão o retrovisor do lado esquerdo, buzina para alertar pedestres e adesivos refletivos na traseira, dianteira e laterais da bicicleta.

Sabe-se que a bicicleta está entre os meios de locomoção de maior baixo custo, maior desenvoltura, sem emissão de poluentes e ainda promove melhorias na saúde de quem pedala. Mas e os cuidados que se deve tomar ao pedalar? Você sabe por que o uso do capacete é tão importante durante o seu pedal? Confira agora a importância de usar o capacete quando andar de bicicleta.

Segurança em primeiro lugar

Por mais que você tenha total domínio da sua bicicleta, sempre há o risco de se desequilibrar ou se acidentar e, como sua cabeça é um o membro mais do seu corpo, é fundamental protegê-la muito bem com um capacete bike.

Estatísticas mostram que, no Brasil, mais de 30 ciclistas se acidentam diariamente no trânsito. Só no estado de São Paulo, em janeiro e fevereiro deste ano, foram registradas 63 mortes causadas por acidentes de trânsito envolvendo bicileta, segundo o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito (INFOSIGA-SP).

De acordo com o INFOSIGA, esses números estão relacionados à falta de conscientização no trânsito, e não ao número de ciclistas que vem crescendo de forma considerável. Isso demonstra que o que falta no trânsito, para que todos convivam bem, é o respeito e bom senso, de forma que os condutores tenham zelo por si e pelo outro.

Capacete pra bike: qual escolher e como usar

Todo capacete possui o isopor como material que mais prevalece. Sua densidade e composição irá variar de acordo com o modelo e fabricante. Seu revestimento externo pode ser de plástico ou fibra de carbono, sendo uma proteção para o isopor ao diminuir o impacto durante um acidente.

Ao adquirir  um capacete pra bike, você precisa prestar atenção ao seu sistema de ajustes, pois é ele que irá travar o capacete em sua cabeça. Um capacete de qualidade sempre terá sistema de ajustes na frente, nas laterais e atrás.

O ajuste da parte de trás serve para firmar o capacete em sua cabeça, que sempre deve cobrir a testa, e não ficar para cima como se fosse um boné. O ajuste lateral é para você regular as tiras do acordo com suas orelhas e, o ajuste debaixo do queixo é para evitar que, em uma possível colisão, o capacete não saia da sua cabeça.

Independente da marca que for escolher, converse com o vendedor sobre qual marca é mais confiável, com um sistema de ajustes mais reforçado. 

É importante ressaltar aqui também que todo capacete possui uma validade de sua durabilidade e, caso você já tenha sofrido algum acidente onde tenha sofrido qualquer impacto com o capacete, este já foi usado e não te oferece mais segurança. Será preciso adquirir um novo capacete pra bike.

Deixe uma resposta